O Combo Civil II - 5 em 1 possui os seguintes títulos:

LOCAÇÃO E DESPEJO 
Edição 2016;
Autor: Américo Luís Martins da Silva
Editora: Cronus
Nº de páginas: 991

Sinopse
A presente edição foi revista, trazendo as inovações exigidas pelo tempo e aprofundando a meditação sobre os temas controvertidos. O autor com sua jovialidade intelectual, aperfeiçoou suas observações e enriqueceu o trabalho com a mais atualizada jurisprudência.

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL COMPARADO - 2ª EDIÇÃO
Organizador: Luiz Afonso Sodré
Edição: 2ª / 2016
Numero de Páginas: 481
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-89206-56-3
O Código de Processo Civil Comparado, organizado pelo Dr. Luiz Afonso Sodré, vem suprir a necessidade do operador do Direito, orientando-o perante as alterações advindas no Código de Processo Civil, segundo a edição da Lei 13.105 de 16 de março de 2015.
A obra compreende as duas legislações, estabelecendo um paralelo artigo por artigo, parágrafo por parágrafo, incisos e alíneas respectivamente, viabilizando o entendimento devido à praticidade de manuseio oferecido pelo autor.
Neste mesmo sentido, insta salientar que nessa 2ª edição de 2016, a obra foi atualizada conforme a edição da Lei 13.256 de 04 de fevereiro de 2016, tanto no quadro comparativo como nos artigos do Novo Código de Processo Civil, dos quais o autor buscou ampliar e atualizar o seu estudo, ou seja, no quesito ampliar, traz o Novo Código de Processo Civil artigo por artigo com remissões do CPC/73 e outras legislações como: Constituição Federal,  Código Civil, Código Comercial, Código de Defesa do Consumidor,  Código Penal, Legislação Complementar, Súmulas, etc. E no quesito atualizar, o organizador traz as alterações advindas pela Lei 13.256 de 04 de fevereiro de 2.016, já comentada anteriormente.
Importante mencionar que o Novo Código de Processo Civil afastou de seu texto uma série de institutos, os quais estão indicados no quadro comparativo da obra através da ausência de disposição legal no respectivo quadro.

COMO SE DEFENDER DOS JUROS ABUSIVOS NOS CONTRATOS BANCÁRIOS
Autores: Ronildo da Conceição Manoel / Fabrício Moreno
I.S.B.N.: 978-85-89206-23-5
Acabamento: Capa dura luxo
Edição:  2011
Número de Paginas: 401

COMPRA E VENDA COM RESERVA DE DOMÍNIO
Autor: Robson Rafaeli Caixeta
ISBN: 978-85-89206-19-8
Edição: 2010
Acabamento: Capa Dura luxo
"A compra e venda com reserva de domínio, velha conhecida da legislação de outros países e de nossa legislação extravagante, ainda não tinha recebido a merecida posição de destaque no Código Civil. O atual Código Civil, pondo cobro à questão, expressamente previu esta importante modalidade contratual, preenchendo defenitivamente a inadmissível lacuna. Desta forma, o instituto, velho conhecido da doutrina e da jurisprudência, recebeu nova roupagem e assumiu merecida posição de destaque em nossa legislação material civil. Bem se sabe que, as empresas, cada vez mais aparelhadas, colocam seus produtos no mercado de consumo e necessitam que os mesmos sejam vendidos com rapidez, porém, sem deixar de lado a segurança dos negócios jurídicos. A venda a crédito é uma realidade irreversível. Assim, o contrato de compra e venda com reserva de domínio, apresenta-se como um instrumento capaz de viabilizar a circulação de riquezas, sem deixar de lado a necessária garantia de cumprimento das obrigações. Com efeito, seja para fins de privilegiar a indústria, o comércio e a agropecuária, evitando-se perdas financeiras, ou as pessoas físicas em geral, a compra e venda com reserva de domínio apresenta-se como uma modalidade contratual que deve merecer especial atenção de todos os operadores do direito. Para fins de melhor análise, dividimos o presente trabalho em diferentes tópicos, buscando uma abordagem clara da doutrina aplicável ao caso, dos julgamentos proferidos por nossos Tribunais, sem deixar de lado a demonstração da aplicação prática do instituto estudado. "

NORMAS CONSTITUCIONAIS RELEVANTES A NOTÁRIOS E REGISTRADORES
Autor: Aflaton Castanheira Maluf
ISBN: 978-85-89206-70-9
Edição: 2018
Quantidade de páginas: 160


Há vezes em que estudiosos se dispõem a pesquisar sobre um tema e, em razão do estudo empreendido, passam a ter o direito de ser indicados como os mais lídimos cientistas. Pessoas para quem a ciência vem com o estudo, a pesquisa, o cavar mais profundo em termos de superfície e de qualidade.

Este é o caso do Professor Doutor Aflaton Castanheira Maluf, conforme externado em seu Livro "Normas Constitucionais Relevantes a Notários e Registradores". A começar, pelo título da obra. A análise é sobre os notários e registradores brasileiros, os titulares das Serventias (ainda conhecidas como Cartórios) que atuam como tabeliães e registradores públicos. E traz a comprovação da busca de fundamento nos textos das Constituições não apenas do Brasil desde o Império até a atual, mas de diversas partes do mundo.

Para conseguir este estudo, o Autor esteve pessoalmente em outro Continente, passou vários dias em centenárias Bibliotecas portuguesas e procurou pelos textos de diversas Constituições de muitos países. Aumentou a sua já rica biblioteca pessoal com títulos esclarecedores. O texto do Livro comprova que estuda, e muito, o assunto.

E, como resultado, apresenta um Livro no qual comenta e indica a existência de referência a notários e registradores no seio constitucional de países de todos os continentes.

E, quanto ao Brasil, insere os notários e registradores sob a luz de inúmeras leis, da Constituição Federal e das Constituições de vários dos Estados-membros.

Um trabalho, de fato, de extremo fôlego em termos de pesquisa e estudo detalhado. Um estudo que se expõe com qualidade de pesquisa sem temor, sem preguiça, e com máximo envolvimento. O Autor demonstra, no texto deste Livro, que o encontro de uma comparação em um texto constitucional existente em um país não lhe autoriza a fazer um breque na pesquisa. E o que se vê é um Direito Comparado entre a realidade brasileira com as normas constitucionais de países que variam desde os mais vizinhos, mais próximos, até os distantes como Áustria, Japão, Madagascar, Micronésia e Rússia. E ainda estudou as Constituições de países que a maioria dos brasileiros sequer sabe indicar no mapa onde se localizam, como Antiga e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Santa Lúcia, São Cristóvão e Névis, São Tomé e Príncipe, São Vicente e Granadinas, Trinidad e Tobago e Zimbabwe.

O Livro apresenta, por exemplo, os princípios existentes na Constituição brasileira que se aplicam aos notários e registradores. E busca, em Constituições de diversos países, igual conceito, igual determinação, semelhante redação. Em alguns casos, o estudo invade a seara infraconstitucional, analisando, detidamente, a legislação local de terras distantes. É o caso de Portugal.

A leitura deste Livro é capaz de impressionar também pela variedade de livros que o Autor utiliza como suporte, como conhecimento. E relativamente poucos são os livros brasileiros, não porque os autores brasileiros não busquem o mais completo teor quanto aos notários e registradores, mas porque a variedade de publicações estrangeiras acerca do tema vem impressionando, quando comparado com as letras brasileiras.

Por sinal, o Livro do Professor Doutor Aflaton Castanheira Maluf floresce em excelente momento para o mercado editorial quanto ao tema disponível aos notários e registradores. E sai na frente em termos de pesquisa sobre o assunto em sua função macro. Mas, sobretudo, torna-se obra única, una, ímpar e incomparável, quando se pensa em um estudo comparativo da legislação brasileira regrando a atividade notarial e registral à luz de iguais normas em outras praças internacionais.

Este Livro, denominado "Normas Constitucionais Relevantes a Notários e Registradores" é uma incomensurável contribuição para as letras jurídicas nacionais. É um texto enxuto, um diálogo com os leitores, um índice de um caminho melhor para os profícuos estudos. Muito estudo, muita dedicação, muita comparação. O Autor tem muito o que ensinar, reservando ao leitor a parte do "muito o que aprender".

Prof. Waldir de Pinho Veloso

Combo Civil II - 5 em 1
R$712,00 R$110,00
Quantidade
Combo Civil II - 5 em 1 R$110,00

Conheça nossas opções de frete

O Combo Civil II - 5 em 1 possui os seguintes títulos:

LOCAÇÃO E DESPEJO 
Edição 2016;
Autor: Américo Luís Martins da Silva
Editora: Cronus
Nº de páginas: 991

Sinopse
A presente edição foi revista, trazendo as inovações exigidas pelo tempo e aprofundando a meditação sobre os temas controvertidos. O autor com sua jovialidade intelectual, aperfeiçoou suas observações e enriqueceu o trabalho com a mais atualizada jurisprudência.

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL COMPARADO - 2ª EDIÇÃO
Organizador: Luiz Afonso Sodré
Edição: 2ª / 2016
Numero de Páginas: 481
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-89206-56-3
O Código de Processo Civil Comparado, organizado pelo Dr. Luiz Afonso Sodré, vem suprir a necessidade do operador do Direito, orientando-o perante as alterações advindas no Código de Processo Civil, segundo a edição da Lei 13.105 de 16 de março de 2015.
A obra compreende as duas legislações, estabelecendo um paralelo artigo por artigo, parágrafo por parágrafo, incisos e alíneas respectivamente, viabilizando o entendimento devido à praticidade de manuseio oferecido pelo autor.
Neste mesmo sentido, insta salientar que nessa 2ª edição de 2016, a obra foi atualizada conforme a edição da Lei 13.256 de 04 de fevereiro de 2016, tanto no quadro comparativo como nos artigos do Novo Código de Processo Civil, dos quais o autor buscou ampliar e atualizar o seu estudo, ou seja, no quesito ampliar, traz o Novo Código de Processo Civil artigo por artigo com remissões do CPC/73 e outras legislações como: Constituição Federal,  Código Civil, Código Comercial, Código de Defesa do Consumidor,  Código Penal, Legislação Complementar, Súmulas, etc. E no quesito atualizar, o organizador traz as alterações advindas pela Lei 13.256 de 04 de fevereiro de 2.016, já comentada anteriormente.
Importante mencionar que o Novo Código de Processo Civil afastou de seu texto uma série de institutos, os quais estão indicados no quadro comparativo da obra através da ausência de disposição legal no respectivo quadro.

COMO SE DEFENDER DOS JUROS ABUSIVOS NOS CONTRATOS BANCÁRIOS
Autores: Ronildo da Conceição Manoel / Fabrício Moreno
I.S.B.N.: 978-85-89206-23-5
Acabamento: Capa dura luxo
Edição:  2011
Número de Paginas: 401

COMPRA E VENDA COM RESERVA DE DOMÍNIO
Autor: Robson Rafaeli Caixeta
ISBN: 978-85-89206-19-8
Edição: 2010
Acabamento: Capa Dura luxo
"A compra e venda com reserva de domínio, velha conhecida da legislação de outros países e de nossa legislação extravagante, ainda não tinha recebido a merecida posição de destaque no Código Civil. O atual Código Civil, pondo cobro à questão, expressamente previu esta importante modalidade contratual, preenchendo defenitivamente a inadmissível lacuna. Desta forma, o instituto, velho conhecido da doutrina e da jurisprudência, recebeu nova roupagem e assumiu merecida posição de destaque em nossa legislação material civil. Bem se sabe que, as empresas, cada vez mais aparelhadas, colocam seus produtos no mercado de consumo e necessitam que os mesmos sejam vendidos com rapidez, porém, sem deixar de lado a segurança dos negócios jurídicos. A venda a crédito é uma realidade irreversível. Assim, o contrato de compra e venda com reserva de domínio, apresenta-se como um instrumento capaz de viabilizar a circulação de riquezas, sem deixar de lado a necessária garantia de cumprimento das obrigações. Com efeito, seja para fins de privilegiar a indústria, o comércio e a agropecuária, evitando-se perdas financeiras, ou as pessoas físicas em geral, a compra e venda com reserva de domínio apresenta-se como uma modalidade contratual que deve merecer especial atenção de todos os operadores do direito. Para fins de melhor análise, dividimos o presente trabalho em diferentes tópicos, buscando uma abordagem clara da doutrina aplicável ao caso, dos julgamentos proferidos por nossos Tribunais, sem deixar de lado a demonstração da aplicação prática do instituto estudado. "

NORMAS CONSTITUCIONAIS RELEVANTES A NOTÁRIOS E REGISTRADORES
Autor: Aflaton Castanheira Maluf
ISBN: 978-85-89206-70-9
Edição: 2018
Quantidade de páginas: 160


Há vezes em que estudiosos se dispõem a pesquisar sobre um tema e, em razão do estudo empreendido, passam a ter o direito de ser indicados como os mais lídimos cientistas. Pessoas para quem a ciência vem com o estudo, a pesquisa, o cavar mais profundo em termos de superfície e de qualidade.

Este é o caso do Professor Doutor Aflaton Castanheira Maluf, conforme externado em seu Livro "Normas Constitucionais Relevantes a Notários e Registradores". A começar, pelo título da obra. A análise é sobre os notários e registradores brasileiros, os titulares das Serventias (ainda conhecidas como Cartórios) que atuam como tabeliães e registradores públicos. E traz a comprovação da busca de fundamento nos textos das Constituições não apenas do Brasil desde o Império até a atual, mas de diversas partes do mundo.

Para conseguir este estudo, o Autor esteve pessoalmente em outro Continente, passou vários dias em centenárias Bibliotecas portuguesas e procurou pelos textos de diversas Constituições de muitos países. Aumentou a sua já rica biblioteca pessoal com títulos esclarecedores. O texto do Livro comprova que estuda, e muito, o assunto.

E, como resultado, apresenta um Livro no qual comenta e indica a existência de referência a notários e registradores no seio constitucional de países de todos os continentes.

E, quanto ao Brasil, insere os notários e registradores sob a luz de inúmeras leis, da Constituição Federal e das Constituições de vários dos Estados-membros.

Um trabalho, de fato, de extremo fôlego em termos de pesquisa e estudo detalhado. Um estudo que se expõe com qualidade de pesquisa sem temor, sem preguiça, e com máximo envolvimento. O Autor demonstra, no texto deste Livro, que o encontro de uma comparação em um texto constitucional existente em um país não lhe autoriza a fazer um breque na pesquisa. E o que se vê é um Direito Comparado entre a realidade brasileira com as normas constitucionais de países que variam desde os mais vizinhos, mais próximos, até os distantes como Áustria, Japão, Madagascar, Micronésia e Rússia. E ainda estudou as Constituições de países que a maioria dos brasileiros sequer sabe indicar no mapa onde se localizam, como Antiga e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Santa Lúcia, São Cristóvão e Névis, São Tomé e Príncipe, São Vicente e Granadinas, Trinidad e Tobago e Zimbabwe.

O Livro apresenta, por exemplo, os princípios existentes na Constituição brasileira que se aplicam aos notários e registradores. E busca, em Constituições de diversos países, igual conceito, igual determinação, semelhante redação. Em alguns casos, o estudo invade a seara infraconstitucional, analisando, detidamente, a legislação local de terras distantes. É o caso de Portugal.

A leitura deste Livro é capaz de impressionar também pela variedade de livros que o Autor utiliza como suporte, como conhecimento. E relativamente poucos são os livros brasileiros, não porque os autores brasileiros não busquem o mais completo teor quanto aos notários e registradores, mas porque a variedade de publicações estrangeiras acerca do tema vem impressionando, quando comparado com as letras brasileiras.

Por sinal, o Livro do Professor Doutor Aflaton Castanheira Maluf floresce em excelente momento para o mercado editorial quanto ao tema disponível aos notários e registradores. E sai na frente em termos de pesquisa sobre o assunto em sua função macro. Mas, sobretudo, torna-se obra única, una, ímpar e incomparável, quando se pensa em um estudo comparativo da legislação brasileira regrando a atividade notarial e registral à luz de iguais normas em outras praças internacionais.

Este Livro, denominado "Normas Constitucionais Relevantes a Notários e Registradores" é uma incomensurável contribuição para as letras jurídicas nacionais. É um texto enxuto, um diálogo com os leitores, um índice de um caminho melhor para os profícuos estudos. Muito estudo, muita dedicação, muita comparação. O Autor tem muito o que ensinar, reservando ao leitor a parte do "muito o que aprender".

Prof. Waldir de Pinho Veloso